Machado de Assis

Música

Hino Patriótico
Letra de Machado de Assis e música de Júlio José Nunes. Com este título figura a poesia, na Semana Ilustrada ( Rio, n. 110, 18 de janeiro de 1863). No anúncio, porém, no Teatro Ginásio, onde foi cantada e recitada pela atriz Emília Adelaide, aparece com o título de Hino dos Voluntários. Foi impresso, ornado com desenhos de Henrique Fleiuss. O produto da venda de certos números de exemplares era destinado, pelos autores, a subscrição nacional em favor do armamento.

Cantata da Arcádia
Poesia de Machado de Assis e música de José Amat. Foi escrita especialmente para o sarau literário e artístico, realizado pela Arcádia Fluminense, nos salões do clube Fluminense, em 25 de novembro de 1865. Com este hino foi aberta a sessão.
A seção Gazetilha do Jornal do Comércio ( Rio, 28 de novembro de 1865) sob o título Arcádia Fluminense, além da notícia do sarau, transcreve 5 versos esparsos da cantata. Perdida.

Lua da Estiva Noite
Poesia de Machado de Assis e música de Artur Napoleão. Trata-se de uma serenata, para canto, piano e flauta. Foi publicada em Ecos do Passado. Primeiro álbum de Romances para canto com acompanhamento de piano por Artur Napoleão. Rio, s.d. (1880).

Fonte: José GALANTE de Sousa
Bibliografia de Machado de Assis
INL, Rio de Janeiro, 1955.

Tributo a Machado de Assis e memórias a Xavier Marques
Dobrado com letra e música de autoria de Celso Xavier Marques.