Machado de Assis

Correio Mercantil (Rio de Janeiro)

Poesia
Esperança (25/10/1858) / O Progresso (30/11/1858) / À Itália (10/2/1859) / A Partida (14/2/1859) / Condão (2/3/1859) / A Redenção (4/5/1859) / A Ch. Filho de um Proscrito (21/7/1859) / Ofélia (21/10/1859) / Ícaro (9/1/1860) / Versos a Corina (21/3/1864; 26/3/1864; 2/4/1864) / O Grito do Ipiranga (09/09/1856).

Vária
O Jornal e o Livro (10 e 12/1/1859) / Confissões de uma Viúva Moça (25/5/1865)

Crítica
A S. Ex. o Sr. Conselheiro José de Alencar (1/3/1868).